segunda-feira, 20 de junho de 2011

Profundeza branca

Pele de nuvem
Cheiro de pêssego
Gelado fogo
Num chão de desejo

Cândidos laços
Mágicos beijos
Tato e olfato
Afeto sem medo

Alva brandura
Vida que muda
Ternura profunda
Beleza que cura

sexta-feira, 10 de junho de 2011

Haicai



Eu vou escrever um livro
Que fale unicamente de dor
Depois, rasgarei as folhas
E viverei só de amor

quinta-feira, 9 de junho de 2011

Moça dos olhos d'agua



Moça, me dá teus olhos
Que eu quero neles nadar
Moça dos olhos d'água
Tu incendiaste o meu mar

Revira e volta pra mim
Nas alegrias do meu sonhar
Sua cor impregnou
No corpo, na alma, no ar